Happy Birthday, Daddy! – Rio Center

Happy Birthday, Daddy!

De Florença para Natal

Consuelo Blocker, influencer.

 

Hoje é também o dia de Robert Hefley Blocker, gaúcho (de Santana do Livramento), Touro e pai de Alessandra, Bianca e Consuelo. Como o adoro!  E somos bem parecidos em tantas coisas!  Adoramos comer, rir, beber. Adoramos os amigos.  Somos parecidos fisicamente (a boca é idêntica, mas as lindas pernas longas e esguias não vieram no meu pacote de DNA, só no das outras duas filhas).  No temperamento, também combinamos: somos explosivos, mas não dura muito…

Poucas vezes conheci uma pessoa tão altruísta e correta. Sempre me ensinou princípios essenciais para viver uma boa vida.  Espero que vocês não liguem se faço esta pequena homenagem a ele, que é tão importante para mim!

Pensei, porém, como poderia fazer desta homenagem algo que fosse interessante para todo o salotto*. Concluí o seguinte: por que não dividir com vocês algumas das coisas mais importantes que meu pai me ensinou? O que acham?

 

Vamos lá:

— Cerque-se de coisas lindas, desse jeito você tem mais chance de criar o belo. Olhe só os italianos, os reis do design, têm tanta beleza à sua volta, bidu, não?

— Você tem duas orelhas e uma boca para escutar o dobro do quanto fala!

— Tome o seu tempo para responder. Poucas vezes é absolutamente necessário responder na hora.

— Aprenda a escrever bem.

— Divirta-se e desfrute a presença tanto de um príncipe quanto de uma cozinheira.

– Estude! Uma boa educação é uma ótima bagagem a carregar. Vai ajudar você a vida toda!

– Faça o dever de casa. Prepare-se bem antes de entrar em qualquer situação!

– Primeiro, entenda o seu objetivo. Depois, estude bem a estratégia.

– Quando falar com alguém, faça dela a pessoa mais importante da sala.

– Respeito aos outros é a base de tudo.

– Maneiras são o seu cartão de visitas.

 

Faltou algo, Daddy?

Essa foi a pessoa que, quando passei a pior noite da minha vida, veio segurar a minha mão sem me fazer nenhuma pergunta. Também foi quem insistiu que nos anos 80, quando eu estava na universidade, fizesse um curso de computação para ter intimidade com aquela nova máquina: “Você não vai precisar programar, mas terá que saber o que querer desse objeto”.  Um dos conselhos mais preciosos que recebi na vida.  Não estaria aqui se não fosse por aquele curso, que fez com que eu me apaixonasse por tecnologia.

Consigo vê-lo, ao ler este texto, chacoalhando a cabeça e pensando: “Barbaridade!”.

 

Daddy, happy birthday, che!  Love you! <3

 

*Salotto significa “sala de estar” em italiano. Como a sala é um lugar de conversa e troca de ideias, foi o nome que escolhi para o espaço de comentários do meu blog. Ou seja, salotto é onde nos encontramos, leitores e leitoras.

Comece a digitar e aperte Enter para buscar

Carrinho